O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, deve visitar a sede da Conmebol na próxima terça-feira. Após o jogo com o Peñarol, jogadores e funcionários do Palmeiras se envolveram em brigas que começaram no campo e se espalharam para as arquibancadas e os corredores do estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu.
Além do Palmeiras, representantes de outros clubes brasileiros, como Santos e Flamengo, devem integrar a “comitiva”, que será guiada pelo presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, representante do Brasil no Conselho da Conmebol.
Fonte; Globo.com