3:03 am - Domingo Julho 21, 2019

Sambistas de todo o mundo se reúnem em Los Angeles neste fim de semana

15 Viewed

Nesta sexta-feira (21), Los Angeles vai virar a capital americana do samba. A terceira edição do congresso internacional sobre o tema terá 45 dançarinos profissionais do Brasil, dos EUA e da Europa ministrando aulas práticas abertas a todos os níveis, até mesmo para crianças ou adultos que desejem ensaiar seus primeiros passos.

De acordo com a organizadora do evento, Aninha Malandro, o intuito é divulgar a cultura brasileira e ampliar a visão que se tem sobre o samba, desmistificando a ideia de que seria somente para passistas de biquíni e físico escultural, com direito a plumas e paetês. “Muitas vezes a pessoa gostaria de dançar, mas acha que não tem o corpo perfeito para isso. Nós queremos mostrar que o samba vai além, que tem raiz, que tem história, que tem uma riqueza e variedade muito grandes”, diz Aninha, que, além de professora do ritmo há décadas nos EUA, é também doutora em Psicologia.

Durante os três dias, os mais de 200 inscritos poderão participar das aulas de samba, gafieira, maracatu, afro, jongo, dentre outros — seja praticando a dança ou tocando instrumentos. Também haverá classes de candomblé e simbologia dos orixás. Todas as oficinas acontecem na Downtown Dance & Movement. As noites serão dedicadas a apresentações, competições e premiações no Ebony Repertory Theatre, localizado no centro da cidade.

Na sexta à noite, os 45 dançarinos — dentre os quais, cinco americanos — apresentam o espetáculo “Fountains of Life: An Exploration of the Fluidity of Samba and its Roots” (Fontes da Vida: Uma Exploração da Fluidez do Samba e suas Raízes). Em seguida, haverá a premiação Pioneiros do Samba, com o reconhecimento de nomes da comunidade que muito fizeram pela cultura brasileira. A noite encerra com show do Grupo Resenha. Comidinhas do Sabor da Bahia estarão à venda no local.

No sábado à noite, haverá dois concursos de dança do malandro, modalidade conhecida dos desfiles de escola de samba. A competição individual feminina, batizada de “Adriana Lima”, precede a de grupos, que leva o nome de “Carlinhos Pandeiro de Ouro”. O show de encerramento fica por conta do cantor, compositor e instrumentista Rogê. Ingressos à venda no Eventbrite. Mais informações em www.internationalsambacongress.com

Filed in

Catalogando a influência cultural brasileira em Miami

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of