16.3 C
Nova York
Terça-feira, Novembro 12, 2019
No menu items!

Presidente se diz decidido a transferir Embaixada do Brasil em Israel

Must Read

Demi Lovato tem que se desculpar depois de sua visita a Israel

Demi Lovato esbanjou alegria ao falar sobre sua visita “mágica” a Israel, dizendo que sentia um “senso de espiritualidade”...

Israel prepara plano de US$ 14 milhões para transferência de embaixadas a Jerusalém

O Ministério de Relações Exteriores de Israel está preparando um plano no valor de 50 milhões de shekels (...

Bolsas de Estudos Judaicos para brasileiros estudarem em Nova York

Por ano, o programa da American Jewish College em Nova York oferece cerca de 70 bolsas para brasileiros em...

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (8) que mantém sua determinação de transferir a Embaixada do Brasil de Tel Aviv, em Israel, para Jerusalém. Porém, não disse quando definirá a mudança. Segundo ele, quer evitar confrontos e choques. De acordo com o presidente, as resistências vêm, sobretudo, dos palestinos e iranianos.

“Não mudei de ideia, não”, disse o presidente durante entrevista à TV Jovem Pan. “Não queremos confrontar ninguém.”

Na viagem a Israel, encerrada na semana passada, Bolsonaro anunciou a instalação de um escritório de negócios em Jerusalém, destinado aos assuntos de ciências, tecnologia e inovação, além de comércio e economia.

Venezuela

Bolsonaro disse que, em caso de intervenção militar externa na Venezuela, irá consultar as áreas devidas para tomar uma decisão. “Se houver uma invasão lá, o que eu vou fazer? Vou ouvir o Parlamento e o Conselho de Defesa Nacional.”

Para ele, o caminho para pressionar o governo de Nicolás Maduro é o embargo econômico. “Não podemos deixar aquilo se transformar em uma nova Cuba ou Coreia do Norte.”

A crise na Venezuela, segundo o presidente, envolve solução militar. Para ele, as Forças Armadas garantem a sustentabilidade de Maduro no poder, pois há cerca de 2 mil generais no país que o apoiam. “Quem mantém o Maduro em pé é o Exército”, disse.

Bolsonaro reiterou que os Estados Unidos estão na “vanguarda” em relação às medidas que devem ser adotadas na Venezuela. Ele lembrou que, durante seu encontro com o presidente norte-americano, Donald Trump, foi dito que “todas as possibilidades estão sobre a mesa”.

 

Fonte: Agência Brasil Brasília

- Advertisement -

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
- Advertisement -

Latest News

Demi Lovato tem que se desculpar depois de sua visita a Israel

Demi Lovato esbanjou alegria ao falar sobre sua visita “mágica” a Israel, dizendo que sentia um “senso de espiritualidade”...

Israel prepara plano de US$ 14 milhões para transferência de embaixadas a Jerusalém

O Ministério de Relações Exteriores de Israel está preparando um plano no valor de 50 milhões de shekels ( 14.2 milhões de dólares) para...

Bolsas de Estudos Judaicos para brasileiros estudarem em Nova York

Por ano, o programa da American Jewish College em Nova York oferece cerca de 70 bolsas para brasileiros em Estudos Judaicos. Confira os pré-requisitos...

Bolsonaro diz que ainda pode mudar embaixada para Jerusalém até 2022

"Declaração foi dada um dia após anúncio da abertura de um escritório comercial em Jerusalém, o que havia sido visto como um recuo do...

BRDay NY agita os EUA

Apesar de ser uma festa brasileira, o BR Day NY está movimentando pessoas de diversas nacionalidades que moram nos Estados Unidos. Todos querem conhecer...
- Advertisement -

More Articles Like This

- Advertisement -