Brazilian Plan é uma alternativa ao Obamacare e não exige social security do associado

Brazilian Plan é uma alternativa ao Obamacare e não exige social security do associado.

Cerca de 600 médicos, 100 dentistas e 40 médicos de urgência à disposição da comunidade brasileira que reside no sul da Flórida a um preço acessível. Não há limite de idade, não há carência, não há exclusão por doença pré-existente. Esse é o conceito do plano de saúde Brazilian Plan, que está no mercado há um ano e oferece atendimento personalizado em português e diversas facilidades para os brasileiros.

Segundo o diretor do plano de saúde, o médico ortopedista Neymar Lima, o Brazilian Plan é uma alternativa ao Obamacare, pois oferece serviços de saúde com baixo custo, mas não exige que o segurado esteja com sua situação imigratória legal nos Estados Unidos. “O Obamacare veio para cobrir uma lacuna e oferecer planos de saúde a preços mais baixos, porém o segurado tem que ter a situação imigratória regular. Aqui no sul da Flórida entre 150 e 170 mil pessoas não têm o social security e o Brazilian Plan foi criado para atender essas pessoas”, explicou Lima.

O Brazilian Plan é um plano pré-pago que opera sob a licença da Promed, uma empresa que existe na Flórida há 15 anos. “Nosso objetivo é dar acesso a quem não tem acesso ao Obamacare. Criamos uma rede com 600 médicos, 100 odontólogos e 40 urgente cares que atendem em Miami, Broward e Palm Beach a um preço acessível a qualquer pessoa”, enfatiza. O valor médio da mensalidade varia entre $30, o plano básico, e $80 o mais completo. O cliente tem a opção de acionar a central de atendimento e marcar consultas em português.

Lima explica que o segurado, assim que contrata o plano, recebe três cartões para atendimento médico, odontológico e outro para a compra de medicamentos. Farmácias como CVS, Walgreens e Walmart já dão descontos para clientes Brazilian Plan.

O médico tem anos de experiência na área de saúde e atua como médico no Brasil, no estado do Tocantins. “Sou médico no Brasil e aqui sou empresário. Antes de dar maior visibilidade ao plano, estruturei toda a rede, que está cada vez mais completa”, diz.

A partir do momento que o cliente contrata o plano e pega as carteirinhas ele já pode marcar a consulta. Pequenas cirurgias como vasectomia, suturas e partos estão incluídas no plano. Internações hospitalares não estão incluídas, mas, quando necessárias, os médicos associados fazem a negociação com o hospital para que o paciente tenha desconto.

“A preocupação de uma pessoa na América é o medo da conta do hospital, se ele for imigrante ilegal não tem nem coragem de ir até o hospital. O Brazilian Plan é um facilitador para inserir a comunidade que hoje fica à margem do sistema de saúde americano”. Para informações e vendas pelo telefone (954) 449-7401 ou pelo site www.brazilianplan.com..