O Projeto de Revitalização da “Judaica” Newark.

Para os judeus, Newark hoje é pouco mais que um cemitério, figurativa e literalmente: a cidade abriga, no máximo, algumas centenas de residentes judeus e quase cem cemitérios judaicos.

A história é a dos judeus de Newark, Nova Jersey, que no marco do século 20 tinha em seus números e história e instituições sociais, religiosas e culturais cuidadosamente nutridas – mas para quem a desolação comunal esperava e cujas legiões de rabinos , empresários, filantropos e ativistas não conseguiram, no final, evitar o dilúvio.

Tivemos 45.000 judeus em Newark em meados da década de 1920 – mais da metade desse número de antecedentes da Europa Oriental. A década de 1920 também se destacou: a Conferência das Caridades Judaicas foi formada em 1923, dando aos judeus de Newark uma organização comunitária central e o Hospital Newark Beth Israel, fundado em 1901, mudou-se em 1929 para sua localização permanente na Lyons Avenue. (Fato pouco conhecido: Paula Ben-Gurion, esposa do primeiro primeiro ministro de Israel, foi estagiária na escola de enfermagem de Beth Israel).

Sinagoga antiga de Newark

É triste ver, afinal, B’nai Jeshurun ​​[tornou-se] a Igreja Batista de Hopewell, Anshei Rússia [tornou] a casa da Igreja Batista Abissínia, e o Y que foi um segundo lar para milhares de judeus se tornou, por um tempo, a morada do Templo do Milagre da Esperança, agora extinto.

JOVENS JUDEUS E FAMÍLIAS ESTÃO MUDANDO-SE PARA NEWARK – MAS NÃO HÁ SINAGOGA ORTODOXA PARA FREQUENTAR.  NÃO HÁ MERCADO KOSHER, PADARIA KOSHER NEM RESTAURANTES KOSHER!

O Rabino Ovadiah Tank, do Beit Chai Jewish Center, está tentando trazer jovens casais judeus, estruturar uma escola judaica e restaurantes kosher para Newark.

“NEWARK É UM LUGAR NÓS PODEMOS FALAR PORTUGUÊS … EXISTE UM SENSO SURPREENDENTE DE REVITALIZAÇÃO VOLTANDO PARA A COMUNIDADE JUDAICA QUE SE REUNIU NUMA CASA PARA O SHABBAT. “O LUGAR ESTAVA CHEIO.”

“Há uma mistura crescente da população que estava aqui (Judeus russos) e das pessoas que estão entrando e explorando o local (Judeus brasileiros)”, disse Rabbi Tank. “Há um tremendo senso de comunidade – entre os mais velhos e os mais jovens.”

“É SURPREENDENTE DIRIGIR POR VEZ ÀS VEZES À NOITE”, disse O RABINO. “HÁ MUITAS PESSOAS CAMINHANDO. POSSO IMAGINAR OS RESTAURANTES KOSHER, KOSHER E LOJAS JUDAICAS QUE PODEM TOMAR AS LOJAS VAZIAS ”.

“AGORA TEMOS PRODUTOS KOSHER NOS SUPERMERCADOS SEABRA!… É UM DOS FATORES QUE TRAZ PESSOAS DE VOLTA AQUI.”

A sinagoga é a casa de oração, bem como o centro da vida judaica. A idéia do Rabino Tank é apresentar o projeto “Revitalização Newark Judaica” ao Sr. Ras Baraka, prefeito de Newark.

NÓS PERDEMOS TODOS OS NOSSOS EDIFÍCIOS HISTÓRICOS PARA IGREJAS OU FABRICAS, MAS GOSTARIAMOS DE ADQUIRIR E RESTAURAR UM EDIFÍCIO ANTIGO EM PARCERIA COM A CIDADE DE NEWARK E O PREFEITO BARAKA.